Convênios

Lista de convênios firmados pela a entidade.

Andamento: 855033 -

Mais informações

Tipo do convênio: Andamento

Número do convênio: 855033

Publicação

Data da publicação: 16/01/2018

Data da celebração: 29/12/2017

Vigência: 29/12/2017

Valores

Conta bancaria: 47035X

Contrapartida: 0,00

Transferência: 500.000,00

Pactuado: 500.000,00

Objeto

Implantação de Melhorias habitacionais para o controle da Doença de Chagas.

Concedente

Concedente: FUNDACAO NACIONAL DE SAUDE

Responsável concedente: RODRIGO SERGIO DIAS

Convenente

Convenente: MUNICIPIO DE PACAJUS

Responsável convenente: BRUNO PEREIRA FIGUEIREDO

Contratos

O Município de Pacajus, criado em 09/09/1890, fica localizado na Região Metropolitana de Fortaleza, microrregião de Pacajus, distante cerca de 57km da capital. Conforme estimativa IBGE (2016), possui 69.877 habitantes e Densidade demográfica de 243 hab/km². No campo econômico, Pacajus arrecada seu PIB a partir da indústria (34.97% do PIB), setor de serviços (60.85% do PIB) e agropecuária (4.18% do PIB). Com extensão territorial de 254.479 km² e 17.615 domicílios (CENSO 2010), possui Índice de Desenvolvimento Humano de 0.659 e Índice de Desenvolvimento Municipal de 37.87. Desta forma, com o objetivo de contribuir com melhores condições de vida e saúde para sua população, a administração pública de Pacajus vem empreendendo uma série de ações e, neste sentido, vem através desta oportunidade solicitar a Reconstrução de 10 casas nas localidades de Banguê I, Banguê II e Coaçu para o controle e combate a Doença de Chagas no Município de Pacajus/CE. Justificamos esta solicitação em virtude do iminente risco de proliferação da Doença de Chagas em nosso Município devido as péssimas condições habitacionais destes munícipes. Assim, este pleito vem no sentido de proteger a população dos riscos através da eliminação de seus vetores. Para tanto, segue em anexo as fotos que comprovam nosso pleito, momento em que reiteramos a necessidade de atendimento de nossa solicitação. A população em questão encontra-se em extrema pobreza e não há recursos próprios e/ou municipais para custear sozinho tais melhorias. Neste sentido, estando esta preocupação na pauta de dia de nossa administração, solicitamos o atendimento deste pleito para que assim possamos proporcionar melhores habitações para estes munícipes e assim eliminar os vetores da Doença de Chagas.
   
   
Voltar    

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito